Gestão Empresarial no Comércio Exterior: como escolher um bom software?

Gestão Empresarial no Comércio Exterior: como escolher um bom software?

Um bom software de gestão empresarial otimiza recursos, garante a descomplicação de processos, personalização, integração e segurança nos dados Comex do seu negócio. 

A gestão empresarial visa conduzir negócios a partir da organização de processos, controle e administração de recursos e pode-se dizer que, atualmente, a tecnologia é uma grande aliada dos gestores por meio do ERP (Enterprise Resource Planning), que organiza o fluxo de dados entre os mais diversos setores, proporcionando mais harmonia na busca por informações e uma melhor gestão corporativa.

Infelizmente, o Brasil tem um índice que mostra que 25% das empresas fecham após os dois primeiros anos de vida em decorrência de má administração (dados apurados antes da pandemia), portanto é extremamente importante que o empresário tenha o máximo de controle sobre todas as áreas de sua empresa.

O Comércio Exterior é uma área que demanda atenção de muitos outros setores dentro de uma empresa, no aspecto financeiro, jurídico, fiscal, operacional, logístico e de compras e vendas. Mesmo com toda essa necessidade de integração, a realidade é que este setor ainda se encontra distante dos outros e as consequências são operações onerosas e burocráticas.

A tecnologia veio para conectar, unir e integrar o Comércio Exterior com outros departamentos, a fim de desenvolver processos otimizados, maior controle de prazos, uma boa gestão da informação, aumento da produtividade da equipe, redução de riscos e custos, agilidade na tomada de decisão, criação de um compliance sólido, possibilidades de automatização e redução de tempo e melhor análise de viabilidade financeira.

Com tantas vantagens apresentadas nesse e em tantos outros textos do nosso blog, com certeza você sabe a importância de ter um software de gestão empresarial especializado em Comércio Exterior dentro da sua empresa, correto? Mas, talvez, ainda tenha dúvidas em como escolher o melhor já que o mercado tem tantas opções. Por isso, nesse artigo compartilharemos algumas dicas para guiar sua empresa no processo de decisão da escolha de um software.

Como escolher um software de gestão empresarial para Comex?

É importante escolher um software de gestão empresarial que seja versátil e funcional para os seus negócios. Continue a leitura para conferir as características principais!

Possibilidade de integração

O investimento em um software de gestão empresarial tem como objetivo facilitar as operações do Comércio Exterior, portanto utilizar esse recurso não deve significar criar um empecilho ou ocasionar retrabalho em sua operação.

É importante que o fornecedor de tecnologia consiga se adequar às necessidades de sua empresa, isto é, com integração de sistemas, dados e informações que a empresa já tem. A solução de unificação do SAP B1 com Comércio Exterior pode revolucionar esse meio.

Além da integração entre sistemas de empresas privadas, sabemos que toda a equipe de Comércio Exterior está constantemente coletando dados nos sistemas públicos e em sistemas de terceiros, como o Portal Único ou o tracking de uma carga em alguma companhia de transporte, portanto, é importante que exista integração também entre esses sistemas. Isso não só facilita a rotina do profissional, como economiza tempo, aumenta a produtividade e reduz custos.

Personalização

Outro fator importante a ser analisado é o quão disposto o fornecedor de tecnologia está em personalizar seu sistema de acordo com as demandas da empresa.

A cada dia, a personalização se torna mais essencial nas rotinas de Comex. Sabemos as peculiaridades dos nossos embarques, agora precisamos pensar em como a tecnologia personalizada pode trazer ainda mais segurança para cada operação em um software de gestão empresarial.

Dessa forma, entende-se que deve existir flexibilidade nas soluções tecnológicas, de acordo com as funcionalidades necessárias para cada organização.

Pós-venda, atendimento e customer success

Em alguns casos, empresas realizam um atendimento de primeira para vender seus serviços de tecnologia, porém a realidade é outra depois que o contrato foi fechado.

Por esse motivo, é interessante que o empresário investigue a qualidade do atendimento dessa empresa no pós-venda. Existem algumas formas para obter essa informação:

  1. conversando com clientes dessa empresa e solicitando avaliações para entender o nível de satisfação;
  2. solicitando ao próprio prestador de serviços o resultado de suas pesquisas como NPS (Net Promoter Score), CSAT ou outras (Customer Satisfaction Score).

Segurança de dados

Estamos vivendo na era dos dados, atualmente. Eles valem muito mais do que imaginamos e podem se transformar em lucro facilmente. É extremamente importante que antes de escolher o fornecedor de tecnologia que armazenará todos os dados e informações da sua empresa, o empresário saiba quais são as formas de segurança dessa empresa para que não tenha seus dados e de seus clientes vazados. A armazenagem em nuvem traz segurança e tem um bom custo-benefício.

Expertise

Ao escolher um fornecedor de software de gestão empresarial para algo tão específico quanto o Comércio Exterior, é essencial que ele entenda da área, assim saberá exatamente as dores que sua empresa tem e lhe ajudará com novas funcionalidades para otimizar sua operação.

Empresas que não dominam o Comércio Exterior não conseguem ofertar um atendimento tão bom simplesmente por desconhecerem a área.

Implementação

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando envolvem diferentes setores. Por esse motivo, antes de fechar negócio com uma empresa de software de gestão empresarial, pergunte sobre o processo de implementação, se há treinamentos, por exemplo. Aqui mais uma vez percebemos a necessidade de um bom atendimento no pós-venda.

Ter objetivos definidos

Antes de implementar qualquer software de gestão empresarial, estabeleça objetivos claros do por que sua empresa precisa disso, assim será possível identificar melhor os resultados após a implementação do sistema:

  • redução de custos?
  • redução de tarefas repetitivas?
  • otimização do tempo?
  • integração do Comex em outras áreas da empresa?
  • melhoria contínua?
  • todas as opções anteriores?

Leia mais: Estratégia VDT para comerciais importadoras e tradings. O que é?

Entenda por que a Gett é protagonista no mercado de sistemas para Comércio Exterior

Importadoras e Exportadoras, a Gett cumpre todos os requisitos para ser seu fornecedor de tecnologia. Atualmente, temos mais de 2 mil usuários ativos em nosso sistema que alegam 100% de satisfação, segundo a pesquisa CSAT (Customer Satisfaction Score) realizada.

Tivemos mais de 1000 implementações com sucesso, ou seja, milhares de empresas hoje lidando com seus processos de maneira inteligente e otimizada. Todas as decisões que tomamos na empresa têm como objetivo o sucesso dos nossos clientes. Nossos valores e cultura, que são a paixão pela inovação e transformação digital, promover transformações nas rotinas de nosso cliente, confiança plena em nossa equipe, senso de urgência (assim como pede o Comex) e entender que cada cliente é único.

Quer receber dicas de gestão empresarial especialmente para Comércio Exterior? Assine a nossa newsletter!

Nova call to action

Kauana Pacheco

Kauana é formada em Negócios Internacionais e é pós-graduanda em Big Data & Market Intelligence. Kauana é a fundadora da ComexLand, onde atua como especialista em marketing focado para empresas do Comércio Exterior e Logística Internacional.

Deixe um comentário