Fechamento de câmbio: quais as melhores práticas para operações internacionais?

Fechamento de câmbio: quais as melhores práticas para operações internacionais?

As operações de importação e exportação são compostas de diversas etapas e muitas delas podem sofrer algum tipo de alteração pelo percurso — a exemplo do pagamento ao exportador, no caso de uma importação; ou do recebimento do pagamento, no caso de uma exportação. Isso porque essas operações são realizadas por meio do fechamento de câmbio.

Quer entender o que é fechamento de câmbio, como ela funciona e conhecer suas particularidades? Então, continue a leitura!

O que é fechamento de câmbio nas operações internacionais?

Para facilitar o entendimento, faremos a seguinte analogia com nosso dia a dia: quando precisamos efetuar alguma transferência de dinheiro no Brasil, utilizamos as informações bancárias de cada envolvido na transação por meio dos bancos habilitados.

No entanto, no Comércio Exterior lidamos com diferentes tipos de moeda e não podemos operar livremente dessa maneira. Mas não se preocupe! Mesmo não sendo tão rápida como uma transferência entre contas no mercado nacional, é uma operação relativamente simples.

Para entender como funciona o fechamento de câmbio e conhecer as opções existentes, é importante entender como funciona a conversão de moedas.

Embora cada país tenha sua própria moeda, as operações de importação e exportação usualmente trabalham com as moedas dólar ou euro — a fim de facilitar as negociações internacionais.

Ao acompanhar o noticiário econômico é fácil encontrar a cotação dessas e outras moedas, ou seja, quantos reais são necessários para comprar um dólar ou um euro, e vice-versa.

Ainda que exista a cotação oficial informada pelo Banco Central, os bancos e as corretoras de câmbio — empresas habilitadas para efetuar esse tipo de negociação — costumam cobrar diferentes taxas. Por isso, é bom negociar a melhor proposta de taxa para o seu caso.

Vale ressaltar que, para quem trabalha com esse tipo de negociação, é importante estar atento, monitorar e acompanhar essas oscilações do mercado cambial.

Exemplo de fechamento de câmbio

Mas o que efetivamente é o fechamento de câmbio? 

Podemos dizer que esse processo é a operação na qual o interessado — importador ou exportador —, com todos os documentos em mãos, entra em contato com o banco ou a corretora de câmbio de sua preferência e efetua o pagamento ou recebimento do valor negociado.

Por exemplo, um importador precisa pagar ao seu fornecedor USD10.000,00 referentes à compra de uma mercadoria realizada. De posse dos documentos necessários, ele entra em contato com o banco ou corretora e negocia a taxa de conversão de moeda.

Aqui é que entra a matemática básica: basta multiplicar o valor devido pela taxa. Ainda usando como exemplo o caso da importação acima, seriam USD10.000,00 multiplicados por R$5,20, hipoteticamente. Sendo assim, o importador terá que transferir ao banco ou à corretora R$52.000,00 para efetuar o pagamento ao seu fornecedor. 

A responsabilidade pelo envio desse dinheiro ao destinatário no exterior será do banco ou da corretora. Vale destacar que no momento da negociação é importante considerar as outras taxas e outros custos cobrados por instituição para realizar esse tipo de operação.

Quais as modalidades de fechamento de câmbio?

Vimos, de forma resumida, como funciona o fechamento de câmbio. Mas essa etapa do Comércio Exterior pode ser dividida em algumas modalidades, as quais veremos a seguir.

Antecipado

Pagamento Antecipado é quando o importador efetua o pagamento ao exportador antes do embarque da mercadoria

Nesse tipo de operação o risco do exportador é zero, visto que ele recebe o pagamento antes de enviar o produto. Já para o importador o risco é alto, pois efetua o pagamento sem ter recebido a mercadoria.

À vista

O pagamento à vista ocorre após o embarque da mercadoria e antes da sua chegada ao destino ou da sua nacionalização. O risco do importador nesse caso é menor, já para o exportador o nível de risco aumenta.

A prazo

Esse caso ocorre quando o pagamento ao exportador é efetuado após a nacionalização da mercadoria, conforme negociado entre as partes, o que pode ser de 30 dias após o embarque, por exemplo. Nesse caso o risco do exportador é maior, pois a carga já está de posse do importador.

Quais as melhores práticas para as operações de fechamento de câmbio?

Imagem de uma canela dourada e uma calculadora roxa, em cima de 4 notas de euros, simbolizando o fechamento de câmbio.

Entre algumas práticas que podem ser utilizadas para as operações de fechamento de câmbio está o FINIMP (Financiamento à Importação): uma linha de crédito concedida ao importador para que ele possa financiar suas importações, possibilitando um melhor planejamento e capital de giro com maior fluidez.

Além do FINIMP ainda é possível contratar o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) e Adiantamento sobre Cambiais Entregues (ACE). Esses adiantamentos são utilizados por exportadores, pois representam um adiantamento do valor que eles têm para receber de seus clientes, possibilitando um melhor fluxo de caixa.

Saiba como funciona sua operação

Ao organizar uma operação de câmbio é importante se atentar para as diferentes possibilidades em que essa operação pode ser realizada. 

Dependendo da finalidade, a documentação solicitada será diferente. Portanto, é preciso estar ciente dos documentos necessários para cada caso, seja de uma importação, exportação ou transferência internacional.

Abaixo, confira as melhores práticas para não ter dor de cabeça no fechamento de câmbio e ter sucesso em suas operações!

Tenha todos os documentos necessários em mãos

Com a modalidade da operação definida, conforme falamos acima, é preciso ter em mãos determinados documentos para que o fechamento de câmbio possa ser realizado. Esses documentos variam de acordo com cada tipo de operação:

  • pagamentos antecipados — necessário apresentar a Fatura Proforma, além da Licença de Importação (LI) em situação deferida ou de embarque autorizado, caso necessária;
  • pagamentos à vista — devem ser apresentados a Commercial Invoice, a LI e o Conhecimento de Embarque.

Independentemente de qual tipo de fechamento de câmbio escolhido, é importante que a Proforma Invoice ou a Commercial Invoice contenha os dados completos do exportador, inclusive dos seus dados bancários, e do importador.

Ainda, é preciso atentar-se para que os códigos bancários apresentados sejam os aceitos internacionalmente, como IBAN (International Bank Account Number) ou SWIFT (Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication). Essas siglas correspondem à identificação internacional do exportador. 

Erros nesses códigos ou a falta dos documentos necessários podem resultar na impossibilidade de concluir a operação.

Não demore para fechar câmbio

Embora seja fundamental, acompanhar a volatilidade do mercado financeiro não é uma tarefa fácil. Muitas empresas acabam não utilizando ferramentas adequadas para acompanhar as oscilações e acabam perdendo dinheiro por um pagamento ou retirada de valores no momento inoportuno.

Sem contar que essa espera pode resultar em atrasos no processo, especialmente em modalidades como o pagamento antecipado. Por isso, ter ferramentas adequadas e realizar o correto planejamento das operações pode auxiliar, e muito, sua empresa, tanto em termos de agilidade quanto em uma efetiva estratégia financeira.

Conclusão

Conseguiu observar como o fechamento de câmbio é uma etapa fundamental para as operações de importação ou exportação? E como todo processo, precisa de atenção aos detalhes e planejamento para que tudo ocorra de maneira correta, evitando atrasos e despesas desnecessárias.

Em um mundo tecnológico como o atual, não utilizar das tecnologias disponíveis para controlar e planejar esse tipo de operação é não saber otimizar seu tempo e de sua equipe, além do risco de um custo financeiro indesejado. 

Tecnologia é sempre muito bem-vinda no que se refere ao planejamento e controle. Use sem moderação! 

O que você achou desse conteúdo? Gostou de saber mais sobre esse assunto? Então, compartilhe suas experiências com fechamento de câmbio nos comentários.

Deixe um comentário